terça-feira, 3 de outubro de 2017

Toda empresa B2B deveria ter um blog

Uma das diferenças importantes do marketing B2B  (marketing Business to Business, empresas que vendem para outras empresas) em relação ao marketing B2C (Business to Consumer, empresas que vendem para o consumidor final) é que a venda costuma ser mais técnica - depender mais de informações técnicas e competência técnica do vendedor.

Há várias maneiras de você mostrar detalhes técnicos e afirmar sua competência para um possível comprador. Uma que é muito eficaz é você postar regularmente artigos técnicos sobre seus produtos, serviços e área de atuação em um blog - uma sequência de artigos publicados regularmente na Internet.

Um blog bem feito "conversa" com seus prospects (possíveis clientes) e também com seus clientes atuais (para garantir fidelização e recompra) de uma forma e em um ambiente que não sugere ao comprador que você o está pressionando para comprar naquela hora. Além disso, como muitas vendas B2B tem um ciclo longo, de meses, às vezes anos, o blog é também uma forma de você "conversar" ao longo de todo esse tempo com o possível futuro cliente.

Some-se a isso que o ambiente de um blog é mais propício a ser passar informações mais longas e detalhadas que outras mídias sociais como Facebook ou Instagram (existe até a expressão pejorativa "textão no Face" para quem publica textos longos no Facebook).

As más notícias: publicar regularmente conteúdo interessante em um blog é trabalhoso e foge do core business - a atividade principal - dos empresários e executivos da empresa dona do blog. Contratar alguém, ou uma equipe, só para isso é caro.

Agora as boas: há agências capacitadas a produzir esse conteúdo para você, por excelente custo benefício. Pense nisso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário